Skip to main content

Adaptação escolar na Educação Infantil: dicas do que não fazer

Adaptação escolar

Chegou aquele momento tão esperado e temido por muitos pais, chegou a  hora de nossos pequenos darem o primeiro e tão importante passo de suas vidas. É hora de começarem suas jornadas como estudantes. Mas é aí que surge a preocupação com a adaptação escolar de nossos filhos.

Essa é, possivelmente, a maior preocupação neste momento tão delicado. E saber como lidar com o emocional durante esta fase pode ser uma tarefa um tanto turbulenta.

O que você vai ver no post:

Vamos lá?

O primeiro passo da educação infantil

Seja durante o primeiro ingresso à escola ou em uma mudança de instituição, dar a devida atenção a este momento de adaptação escolar da educação infantil é crucial para que a integração não só do pequeno aluno mas também dos pais seja agradável e sem muitas complicações. 

Até porque, pais e mães, muitas vezes, têm dificuldades em conter o receio (ou até mesmo o medo) na hora de confiar seus filhos a uma instituição, mesmo depois de muita pesquisa e de escolher a dedo onde seus pequenos começarão, de fato, sua vida educacional e em comunidade.


É perfeitamente normal que várias preocupações surjam nesse momento. Será que os coleguinhas estão tratando ele bem? A professora está dando a devida atenção ao meu filho? No entanto, deixar-se levar por esses pensamentos pode causar mais danos do que benefícios.

E faz-se importante ressaltar que, nessa hora, manter o controle da situação está, sim, ao seu alcance. E uma relação de confiança entre pais e escola é possível e fará maravilhas acontecerem nesta fase tão especial.

Como é o processo de adaptação infantil
No primeiro momento, ter em mente que esse é um processo que não cabe somente aos pais é um ponto de vista interessante, já que, daqui pra frente, tudo muda, desde a rotina do dia a dia até as interações com nossos filhos. 

Para tanto, entender que esse ingresso à educação infantil  é um marco na vida da família e que todo processo de adaptação infantil pode e deve ser um esforço familiar é essencial para um início saudável da vida estudantil de nossos filhos.

O envolvimento não só da família mas também da própria instituição fará uma grande diferença nessa fase. Não se acanhe na hora de entrar em contato com professores e com os demais funcionários da instituição.

Conhecê-los e apresentá-los aos seus filhos gerará um ambiente muito mais suscetível ao diálogo e à amizade entre você, seus filhos e todos os profissionais da escola.

Fazer essa pequena socialização tornará o ingresso ao sistema de ensino mais natural e amigável, não só para seus filhos mas também para você, que saberá com quem estará lidando e quem será responsável pela educação e pelo desenvolvimento cognitivo de seus filhos.

Esse é o primeiro passo da etapa de ensino, em que as crianças poderão aprender não somente aquilo que será passado dentro da sala de aula mas também vivenciar um fator eminente na formação de uma consciência muito mais empática na hora de lidar com seus colegas e professores. 

Até porque, desde o ínicio, já teremos plantado a semente de que é muito melhor ser uma pessoa aberta para a conversa e para fazer amigos, uma vez que a apreensão e o medo da mudança são sentimentos que podem ser vencidos, sim, com a ajuda de nossa família e com uma forcinha por parte da instituição de ensino também.

Dicas do que não fazer durante a fase de adaptação escolar
Mesmo tendo em mente que todo o processo da adaptação infantil de nossos filhos é, praticamente, uma força tarefa que envolve pais, filhos e a própria instituição de ensino, devemos nos lembrar quais são os “sins” e “nãos” na hora de dar aquela força para nossos filhos durante esse período de adaptação.

Para tanto, vamos explorar um pouco mais o que não devemos fazer na hora de fazermos essas escolhas tão essenciais para o desenvolvimento infantil de nossos filhos e como ajudá-los nessa jornada.

Mudanças nos hábitos das crianças sempre exigirão tempo

Em qualquer momento da vida, sempre haverá resistência às mudanças. Isso é algo que não pode ser evitado, ainda mais quando falamos de crianças pequenas em seus anos formativos.

Mesmo com todo o esforço de integração que falamos anteriormente, nossos filhos ainda podem se sentir “sobrecarregados” com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo. A mudança na rotina, os novos ares e novos colegas e professores são apenas alguns dos pontos que podem causar essa insegurança entre os pequenos e a nova escola.

Ainda vale lembrar que os pais, mesmo que bem intencionados, podem vir a agravar a situação. Perguntar demais ou exigir que os filhos falem constantemente sobre seu dia na escola pode ser entendido como uma pressão desnecessária por parte dos pequenos. 

Dê espaço para que o assunto surja normalmente, não dê a  entender que a adaptação tem que ser imediata. Seja com crianças que estão deixando o berçário e começando a escola primária até os mais velhos, que se veem forçados a mudar de escola por algum motivo pessoal. Entender que essa mudança pode levar algum tempo e que o apoio por parte da família é indispensável fará a diferença.

A responsabilidade com o cuidado das crianças é de todos

Assumir que somente a instituição de ensino tem obrigações e responsabilidades com a formação de nossos filhos é uma posição muito equivocada e pode acarretar vários problemas para os pequenos.

A personalidade de cada criança pode divergir completamente de uma para outra, e enquanto os professores estão na linha de frente para integrá-las aos colegas e ao novo ambiente escolar, é impossível ignorar a importância que a participação dos pais tem nessa fase.

Jamais omita dificuldades ou características importantes que seus filhos possam ter, como alergias, problemas com timidez, fobias etc. Essas características são de extrema importância para a instituição também, a fim de que professores e equipe saibam como lidar diretamente com seu filho, tornando possível uma melhor integração dele com seus colegas.

A participação ativa dos pais é fundamental para que a adaptação ocorra de forma gradual e sem muitas dificuldades.

Saiba lidar com a separação no primeiro dia de aula

Muitas vezes, o primeiro dia de aula acaba sendo mais traumático para os pais do que para os filhos, mas lembre-se: nada de ânimos agitados nessa hora. Para as crianças, é normal não conseguir conter o choro no primeiro dia.

Afinal, elas estão se deparando com muitas coisas novas ao mesmo tempo e não sabem lidar com elas da forma apropriada ainda. E um pai ou mãe que não tenha paciência ou que se deixe levar pela “dor” da situação pode dificultar as coisas.

Mostre ao seu filho que você e ele têm o controle da situação. Não deixe que a emoção daquele momento domine essa transição, mas dê espaço para que o pequeno se sinta confortável para confiar e se apoiar não só em você mas também na instituição.

Lembre-se sempre de que a primeira infância é um momento delicado, mas não precisa ser sofrido e, muito menos, uma provação para pais e filhos. E essa jornada educacional será constante, desde a educação básica até o ensino superior.

E para mais informações sobre como nós podemos te ajudar na hora da adaptação escolar de seus filhos, convidamos você a conhecer nosso site, para saber mais sobre o nosso trabalho na integração de novos alunos nessa nova fase da vida.

Post List #3

NEP – Nutrition Education Program

NEP – Nutrition Education Program

gabrieljan 5, 20243 min read

Com o compromisso de promover a saúde e o bem-estar dos nossos alunos e nossas alunas, essa iniciativa visa instigar hábitos alimentares saudáveis desde cedo, contribuindo não apenas para o desenvolvimento físico, mas também para o aprimoramento do rendimento acadêmico…

Enem 2023 – O que os nossos professores acharam do primeiro dia de prova?

Enem 2023 – O que os nossos professores acharam do primeiro dia de prova?

gabrielnov 8, 202317 min read
Enem 2023 – O que os nossos professores acharam do primeiro dia de prova?
[image_with_animation image_url=”68318″ animation=”Fade In” hover_animation=”none”…

3 benefícios de manter uma rotina saudável de aprendizagem

3 benefícios de manter uma rotina saudável de aprendizagem

gabrielout 18, 20235 min read

Ter uma rotina saudável de estudos pode ser um desafio para muitos estudantes. Hoje, somos bombardeados constantemente por distrações a todo momento. E o ensino remoto imposto durante a pandemia mudou completamente as rotinas diárias de antigamente. Hoje, o ensino…

Quais os melhores jogos para estimular a criatividade?

Quais os melhores jogos para estimular a criatividade?

gabrielout 4, 20236 min read

As crianças são, naturalmente, seres criativos, capazes de contribuir com as suas ideias de forma original e espontânea. É importante deixar que se expressem e exerçam a criatividade livremente, mas tal capacidade também deve ser estimulada por meio de brincadeiras…

Família e educação: motivos para brincar com seus filhos 

Família e educação: motivos para brincar com seus filhos 

gabrielset 27, 20235 min read

Um dos reflexos da chamada pós-modernidade é o imediatismo, em que tudo o que fazemos acontece rapidamente, inclusive a interação com familiares e a própria relação entre família e educação.  Em uma sociedade cada vez mais veloz e ocupada, a…

Leave a Reply

1 × 2 =